Seleção brasileira comemora resultado no Pan-Americano
Escrito por Rafael Lavô    Seg, 27 de Abril de 2015 13:18    Imprimir


Desempenho dos judocas em Edmonton superou a campanha da última edição e as expectativas iniciais da Confederação Brasileira

A seleção brasileira foi a grande vencedora do Campeonato Pan-Americano de Edmonton, realizado neste final de semana, no Canadá. O país conquistou 17 medalhas e fechou a competição no primeiro lugar geral com nove ouros, sete pratas e um bronze. A campanha foi melhor que na última edição do torneio, que aconteceu ano passado, em Guayaquil, no Equador, quando o time teve sete medalhas de ouro, quatro de prata e cinco de bronze. O desempenho também superou as expectativas iniciais da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) de conquistar catorze medalhas, sendo entre quatro a seis de ouro, em 2015.

Um dos principais nomes da campanha em Edmonton foi o judoca Alex Pombo (-73kg). Em sua segunda participação na competição, o paulista volta com duas medalhas de ouro para o Brasil. O atleta conquistou o bicampeonato individual na sua categoria e venceu todas as suas lutas na disputa por equipes, ajudando o Brasil a sair com o título.

O judoca comemorou o resultado e se mostrou satisfeito com seu desempenho individual e com a campanha coletiva da seleção brasileira. “É sempre muito bom conquistar títulos. Ganhar pela segunda vez e fazer parte do time campeão geral é melhor ainda, inesquecível. Estou muito feliz. Essa competição representa muito. Todo o nosso trabalho e esforço foi recompensado”, disse.

Pombo salientou ainda a importância do trabalho coletivo para a ótima campanha do time brasileiro nos tatames. “Tudo isso mostra que os treinamentos estão rendendo bons frutos. Tenho consciência que não ganhei nada sozinho. Meus treinadores, colegas de seleção brasileira e Belo Dente/Minas, a Comissão de Desportos do Exército e minha família, todos foram importantes para este resultado. Os ouros que consegui são o resultado de um longo processo”.

A campanha individual de Pombo no Pan-Americano foi marcada pela a reedição da final da última edição da competição. Mais uma vez, o brasileiro precisou derrotar o cubano Magdiel Estrada para subir ao lugar mais alto do pódio. Nas outras eliminatórias, o brasileiro passou por Israel Verdugo, do Equador, Everet Desilets, dos Estados Unidos e Arthur Margelidon, do Canadá.

Nas lutas por equipes, Pombo venceu rapidamente seus adversários por Ippon e somou pontos para as vitórias brasileiras.

A equipe retorna ao Brasil nesta segunda-feira, 27, e o próximo compromisso da seleção brasileira é o Grand Prix de Zagreb já no final de semana seguinte de 01 a 03 de maio. Nenhum dos atletas que competiram em Edmonton estarão na Croácia.