Segunda temporada do XFC terá seis torneios em busca de novas estrelas
Escrito por Rafael Lavô    Qua, 10 de Setembro de 2014 11:22    Imprimir


Sexta edição do evento, em Araraquara (SP), marca final feminina da primeira temporada e início de disputas em duas categorias

Uma das características mais marcantes do XFC é a busca por novos talentos do MMA. O XFC International, no dia 27 de setembro, em Araraquara (SP), marca o início da segunda temporada da franquia, com uma disputa de cinturão e os novos torneios, com 48 novos atletas em busca do estrelato, divididos em seis GPs. Serão quatro masculinos (peso-galo - até 61,2kg; peso-pena - até 65,8kg; peso-leve - até 70,3kg e peso-meio-médio - até 77,1kg) e dois femininos (peso-palha - até 52,2kg e peso-mosca - até 56,7kg). Também serão definidos a campeã peso-palha da primeira temporada, na final entre Vanessa Guimarães e Vanessa Melo, e o campeão peso-meio-médio, no duelo entre Will Galvão e o argentino Kevin Medinilla - as lutas não aconteceram em suas datas originais por problemas com lesões.

Entre os homens, a categoria peso galo é a primeira a entrar no heXágono, enquanto as mulheres serão disputas no peso mosca, além da final peso-palha. Três lutas serão transmitidas ao vivo pela RedeTV!, a partir de 0h30 da madrugada de sábado para domingo (horário de Brasília), junto à disputa de cinturão dos galos, entre Deivison Dragon e o norte-americano Waylon Lowe. Pela mesma categoria, Luan Gazzeta encara o colombiano Alejandro Abomohor, e está finalizando o camp nos Estados Unidos. Na abertura do torneio peso-mosca feminino, a norte-americana Rachael "The Panter" Cummins terá pela frente a brasileira Taila Santos.

Campeões do torneio se tornam postulantes à disputa de cinturão

Os torneios do XFC são divididos em chaveamentos com oito lutadores por categoria se enfrentando em sistema de eliminatórias simples. Para chegar à final, é preciso vencer duas lutas, e o campeão de cada GP, automaticamente, assina contrato com o evento, entrando na linha de postulantes à desafiantes ao cinturão. Eles levam uma medalha, feita em ouro maciço e as inscrições "Integridade, Honra e Glória". Os vice-campeões também garantem vínculo, mas são desafiados mais vezes para se credenciarem a entrar na lista de potenciais desafiantes.

O responsável pela contratação dos atletas e pelo casamento das lutas é Eduardo Duarte, de 38 anos. Faixa-preta de jiu-jitsu graduado por André Pederneiras, líder da Nova União, Duarte já lutou MMA profissionalmente, está no XFC desde o início do projeto, ainda em 2013, e revela alguns critérios de análise na escolha dos novos atletas.

"Analisamos não somente o cartel positivo, que é uma necessidade óbvia, mas também a evolução do atleta. Alguns, tiveram derrotas no início da carreira, mas cresceram muito", conta o matchmaker, nascido no Rio de Janeiro e que vive há sete anos na Argentina. "Certos atletas param em um patamar, outros melhoram muito rápido em pouco tempo, outros demoram mais, mas estão sempre mostrando novidades. Levamos tudo em consideração para ter o melhor para o evento e proporcionar o melhor para o atleta".

A primeira temporada do XFCi foi encerrada no dia 7 de junho deste ano, com a edição número cinco. Nos estúdios da RedeTV!, foram coroados campeões dos GPs a argentina Silvana "La Malvada" Juarez (moscas), os brasileiros Alberto Uda (médios) e Natan Schulte (leves), além do costarriquenho Alejandro Villalobos (penas). "O que mais poderia diferenciar o XFC era a questão de priorizar os atletas, de cuidar deles. Então, criamos um GP para descobrir novos talentos e dar a chance a lutadores não tão conhecidos de se tornarem conhecidos em quatro ou cinco meses, de se tornarem interessantes para fãs, mídia e patrocinadores ", completa o presidente do XFC, Myron Molotky.

Venda de Ingressos

A venda de ingressos para o XFCi 6 terá início na próxima semana, quando preços e pontos de venda serão informados oficialmente para a imprensa e público.

Mudanças no card

A organização do XFC promoveu a final do GP peso-palha feminino, entre Vanessa Guimarães, da CM System, e Vanessa Melo, da Chute Boxe Diego Lima, para o co-evento principal da noite. Julio Cesar "Xaropinho", companheiro de Vanessa Melo, teve seu adversário alterado por lesão: sai Carlos Rivera, entra o também mexicano Edgar Garcia Cabello, no último duelo do card preliminar, que será transmitido pela RedeTV! na semana seguinte.

Sobre o XFC

Organização de grande prestígio nos Estados Unidos, o Xtreme Fighting Championships (XFC) desembarcou no Brasil em fevereiro de 2014, com o XFC International. O objetivo do evento é mostrar ao mundo a nova geração de talentos do MMA nacional, revelados nos torneios, compostos por três fases. Na primeira temporada, quatro campeões foram definidos, e receberam medalhas de ouro maciço com as inscrições "Integridade, Honra e Glória": Alberto Uda (até 84kg), Nathan Schulte (70kg), o costarriquenho Alejandro Villalobos (66kg) e a argentina Silvana Gomez (57kg). O Brasil conta com um detentor de cinturão, o paraense Deivison Dragon, no peso pena (até 66kg). O evento é transmitido ao vivo pela RedeTV! para todo o Brasil e conta com programa semanal dedicado na grade da emissora.

XFC International 6 - Serviço

Data: Sábado, 27 de setembro de 2014
Local: Ginásio Municipal Castelo Branco "Gigantão" - Avenida La Salle, S/N, Araraquara (SP)
Horário: 21h (de Brasília)
Transmissão: Ao Vivo na RedeTV! a partir de 0h30 de sábado para domingo


Card Principal
Ao vivo na RedeTV! a partir de 00h30 (sábado para domingo)


Até 65,8kg: Deivison "Dragon" Ribeiro vs Waylon Lowe (EUA) - Disputa de cinturão peso-pena
Até 52,2kg: Vanessa Guimarães x Vanessa Melo - Final da 1ª temporada do GP feminino peso-palha
Até 61,2kg: Alejandro Abomohor (COL) x Luan Gazzeta - GP peso-galo
Até 56,7kg: Rachael "The Panter" Cummins (EUA) x Taila Santos - GP feminino peso-mosca

Card Preliminar
Transmissão na semana seguinte


Até 61,2kg: Edgar Garcia Cabello (MEX) x Julio "Xaropinho" Rodrigues - GP peso-galo
Até 56,7kg: Karina Rodriguez (MEX) x Poliana Botelho - GP feminino peso-mosca
Até 61,2kg: Lerryan Douglas x Daniel Virgilio - GP peso-galo
Até 56,7kg: Julia Borisova (RUS) x Debora Ferreira - GP feminino peso-mosca
Até 61,2kg: James "The Phenom" Gray (EUA) x Lucas "Treta" Moraes - GP peso-galo
Até 56,7kg: Vuokko Katainen (FIN) x Silvana "Marrentinha" Pereira - GP feminino peso-mosca
Até 77,1kg: Alfredo Morales (MEX) x Marcelo Barreira - Super Luta
Até 61,2kg: Diogo "Sinistro" D’Ávila x Diogo Sotero - Luta reserva GP peso-galo
Até 77,1 kg: Steven "Relentless" Newel (EUA) x Wesley do Nascimento - Luta reserva GP peso-meio-médio