Ter, 26 de Setembro de 2017

Novidades Território Tupiniquim

Gustavo Coelho vs Andre - WOC5

  No combate até 77kg do War of Champions 5, Gustavo Coel...

Bruce Souto vs Vinicius Bohrer - WOC 5

  Na disputa de cinturão até 77kg do War of Champions, Vi...

  • Gustavo Coelho vs Andre - WOC5

    Qui, 30 de Julho de 2015 09:53
  • Bruce Souto vs Vinicius Bohrer - WOC 5

    Qua, 29 de Julho de 2015 09:30
UFC


Claudia Gadelha 'esquece' aniversário por foco em título do UFC
Escrito por Rafael Lavô    Qua, 10 de Dezembro de 2014 10:00    PDF Imprimir E-mail


Atleta da Nova União encara Joanna Jedrzejczyk em sua segunda luta no octógono neste sábado, dia 13, mirando o título da recém-inaugurada categoria feminina

Após protagonizar a primeira luta da história da categoria peso-palha feminino (até 52,6kg) do UFC, vencendo por decisão unânime dos juízes a finlandesa Tina Lahdemaki, em julho deste ano, Claudia Gadelha retorna ao octógono cercada por expectativas. Neste sábado, dia 13 de dezembro, no card do UFC on FOX 13, a brasileira tem pela frente Joanna Jedrzejczyk no duelo que deixará a vencedora bem posicionada na divisão. Com o foco na luta mais importante da carreira até o momento, Claudinha deixou de lado a comemoração de seus 26 anos, completados no último domingo, dia 7, mesma data do embarque ao Arizona, Estados Unidos, local do evento.

Na busca para atingir o limite de peso da divisão e aprimorar suas habilidades, a atleta da Nova União dedicou todo seu tempo à preparação para o novo desafio. Alternando entre treinamentos técnicos e atividades físicas, Claudinha teve que deixar a celebração para trás, mas nem por isso mostrou-se chateada. E ainda encontrou o lado positivo da situação.

"É ruim não poder comemorar mais um ano de vida, mas é por uma excelente causa. Tenho uma luta muito importante para minha carreira, posso ser a primeira lutadora da história do UFC a ter duas vitórias na categoria, então a comemoração fica para depois. Meu foco está total na Joanna, no que tenho que fazer no octógono", comenta a brasileira que ostenta a invencibilidade em 12 lutas no MMA profissional, sendo 12 vitórias.

Claudinha abriu mão da comemoração do seu aniversário, mas, em caso de nova vitória no octógono, ela planeja uma dupla celebração. Para isso, terá que pôr fim na invencibilidade da adversária, que registra sete vitórias em sete combates profissionais. "Vou fazer de tudo para a comemoração ser dobrada, com a vitória e com meu aniversário, mesmo que com atraso. Só depois da luta é que vou pensar em comer bolo. Até lá, a dieta não deixa (risos)", avisa.

Aposta no jiu-jitsu pelo cinturão da categoria

Considerada uma das principais candidatas ao título da categoria peso-palha feminino, Claudinha aposta em seu forte jiu-jitsu para garantir o triunfo e entrar na linha de desafiantes ao cinturão. Ao pisar no cage, a brasileira já saberá quem será a primeira detentora do título, uma vez que, na sexta-feira, dia 12 de dezembro, acontece a final do TUF 20, que premiará a vencedora com o cinturão da nova categoria.

"Será a luta mais importante da minha carreira. Respeito todas as adversárias que já lutei, mas acredito que esse pode ser o combate mais complicado para mim. Mas, no chão, a Joanna não tem muita chance. É minha especialidade, é minha casa. Estudei o jogo dela, até sabe se virar no chão, mas tem a característica de tentar nocautear. Meu boxe está afiado, posso vencer também por cima. Mas se for para o chão, acho que não vai ter jeito para ela", confia a atleta, que finalizou em seis oportunidades nas 12 lutas profissionais.

No córner, Claudinha Gadelha terá um reforço de peso e amigo de longa data. Além de Jair Lourenço, líder da Kimura Nova União e seu primeiro treinador na carreira, Jussier Formiga orientará a companheira de equipe no combate. O potiguar também estava escalado para entrar em ação no UFC on FOX 13, mas uma lesão no joelho forçou a saída do embate com John Moraga. O norte-americano Willie Gates substitui o brasileiro.

 
Segunda temporada do XFC terá seis torneios em busca de novas estrelas
Escrito por Rafael Lavô    Qua, 10 de Setembro de 2014 11:22    PDF Imprimir E-mail


Sexta edição do evento, em Araraquara (SP), marca final feminina da primeira temporada e início de disputas em duas categorias

Uma das características mais marcantes do XFC é a busca por novos talentos do MMA. O XFC International, no dia 27 de setembro, em Araraquara (SP), marca o início da segunda temporada da franquia, com uma disputa de cinturão e os novos torneios, com 48 novos atletas em busca do estrelato, divididos em seis GPs. Serão quatro masculinos (peso-galo - até 61,2kg; peso-pena - até 65,8kg; peso-leve - até 70,3kg e peso-meio-médio - até 77,1kg) e dois femininos (peso-palha - até 52,2kg e peso-mosca - até 56,7kg). Também serão definidos a campeã peso-palha da primeira temporada, na final entre Vanessa Guimarães e Vanessa Melo, e o campeão peso-meio-médio, no duelo entre Will Galvão e o argentino Kevin Medinilla - as lutas não aconteceram em suas datas originais por problemas com lesões.

Entre os homens, a categoria peso galo é a primeira a entrar no heXágono, enquanto as mulheres serão disputas no peso mosca, além da final peso-palha. Três lutas serão transmitidas ao vivo pela RedeTV!, a partir de 0h30 da madrugada de sábado para domingo (horário de Brasília), junto à disputa de cinturão dos galos, entre Deivison Dragon e o norte-americano Waylon Lowe. Pela mesma categoria, Luan Gazzeta encara o colombiano Alejandro Abomohor, e está finalizando o camp nos Estados Unidos. Na abertura do torneio peso-mosca feminino, a norte-americana Rachael "The Panter" Cummins terá pela frente a brasileira Taila Santos.

Campeões do torneio se tornam postulantes à disputa de cinturão

Os torneios do XFC são divididos em chaveamentos com oito lutadores por categoria se enfrentando em sistema de eliminatórias simples. Para chegar à final, é preciso vencer duas lutas, e o campeão de cada GP, automaticamente, assina contrato com o evento, entrando na linha de postulantes à desafiantes ao cinturão. Eles levam uma medalha, feita em ouro maciço e as inscrições "Integridade, Honra e Glória". Os vice-campeões também garantem vínculo, mas são desafiados mais vezes para se credenciarem a entrar na lista de potenciais desafiantes.

O responsável pela contratação dos atletas e pelo casamento das lutas é Eduardo Duarte, de 38 anos. Faixa-preta de jiu-jitsu graduado por André Pederneiras, líder da Nova União, Duarte já lutou MMA profissionalmente, está no XFC desde o início do projeto, ainda em 2013, e revela alguns critérios de análise na escolha dos novos atletas.

"Analisamos não somente o cartel positivo, que é uma necessidade óbvia, mas também a evolução do atleta. Alguns, tiveram derrotas no início da carreira, mas cresceram muito", conta o matchmaker, nascido no Rio de Janeiro e que vive há sete anos na Argentina. "Certos atletas param em um patamar, outros melhoram muito rápido em pouco tempo, outros demoram mais, mas estão sempre mostrando novidades. Levamos tudo em consideração para ter o melhor para o evento e proporcionar o melhor para o atleta".

A primeira temporada do XFCi foi encerrada no dia 7 de junho deste ano, com a edição número cinco. Nos estúdios da RedeTV!, foram coroados campeões dos GPs a argentina Silvana "La Malvada" Juarez (moscas), os brasileiros Alberto Uda (médios) e Natan Schulte (leves), além do costarriquenho Alejandro Villalobos (penas). "O que mais poderia diferenciar o XFC era a questão de priorizar os atletas, de cuidar deles. Então, criamos um GP para descobrir novos talentos e dar a chance a lutadores não tão conhecidos de se tornarem conhecidos em quatro ou cinco meses, de se tornarem interessantes para fãs, mídia e patrocinadores ", completa o presidente do XFC, Myron Molotky.

Venda de Ingressos

A venda de ingressos para o XFCi 6 terá início na próxima semana, quando preços e pontos de venda serão informados oficialmente para a imprensa e público.

Mudanças no card

A organização do XFC promoveu a final do GP peso-palha feminino, entre Vanessa Guimarães, da CM System, e Vanessa Melo, da Chute Boxe Diego Lima, para o co-evento principal da noite. Julio Cesar "Xaropinho", companheiro de Vanessa Melo, teve seu adversário alterado por lesão: sai Carlos Rivera, entra o também mexicano Edgar Garcia Cabello, no último duelo do card preliminar, que será transmitido pela RedeTV! na semana seguinte.

Sobre o XFC

Organização de grande prestígio nos Estados Unidos, o Xtreme Fighting Championships (XFC) desembarcou no Brasil em fevereiro de 2014, com o XFC International. O objetivo do evento é mostrar ao mundo a nova geração de talentos do MMA nacional, revelados nos torneios, compostos por três fases. Na primeira temporada, quatro campeões foram definidos, e receberam medalhas de ouro maciço com as inscrições "Integridade, Honra e Glória": Alberto Uda (até 84kg), Nathan Schulte (70kg), o costarriquenho Alejandro Villalobos (66kg) e a argentina Silvana Gomez (57kg). O Brasil conta com um detentor de cinturão, o paraense Deivison Dragon, no peso pena (até 66kg). O evento é transmitido ao vivo pela RedeTV! para todo o Brasil e conta com programa semanal dedicado na grade da emissora.

XFC International 6 - Serviço

Data: Sábado, 27 de setembro de 2014
Local: Ginásio Municipal Castelo Branco "Gigantão" - Avenida La Salle, S/N, Araraquara (SP)
Horário: 21h (de Brasília)
Transmissão: Ao Vivo na RedeTV! a partir de 0h30 de sábado para domingo


Card Principal
Ao vivo na RedeTV! a partir de 00h30 (sábado para domingo)


Até 65,8kg: Deivison "Dragon" Ribeiro vs Waylon Lowe (EUA) - Disputa de cinturão peso-pena
Até 52,2kg: Vanessa Guimarães x Vanessa Melo - Final da 1ª temporada do GP feminino peso-palha
Até 61,2kg: Alejandro Abomohor (COL) x Luan Gazzeta - GP peso-galo
Até 56,7kg: Rachael "The Panter" Cummins (EUA) x Taila Santos - GP feminino peso-mosca

Card Preliminar
Transmissão na semana seguinte


Até 61,2kg: Edgar Garcia Cabello (MEX) x Julio "Xaropinho" Rodrigues - GP peso-galo
Até 56,7kg: Karina Rodriguez (MEX) x Poliana Botelho - GP feminino peso-mosca
Até 61,2kg: Lerryan Douglas x Daniel Virgilio - GP peso-galo
Até 56,7kg: Julia Borisova (RUS) x Debora Ferreira - GP feminino peso-mosca
Até 61,2kg: James "The Phenom" Gray (EUA) x Lucas "Treta" Moraes - GP peso-galo
Até 56,7kg: Vuokko Katainen (FIN) x Silvana "Marrentinha" Pereira - GP feminino peso-mosca
Até 77,1kg: Alfredo Morales (MEX) x Marcelo Barreira - Super Luta
Até 61,2kg: Diogo "Sinistro" D’Ávila x Diogo Sotero - Luta reserva GP peso-galo
Até 77,1 kg: Steven "Relentless" Newel (EUA) x Wesley do Nascimento - Luta reserva GP peso-meio-médio

 
Léo Santos não vê grandes mudanças no camp após anúncio de Efrain Escudero como novo rival
Escrito por Rafael Lavô    Qua, 10 de Setembro de 2014 11:20    PDF Imprimir E-mail


Brasileiro, campeão do TUF Brasil 2, irá encarar norte-americano que faturou o TUF 8 em Brasília, no UFC Fight Night 51

A menos de três semanas para o UFC Fight Night 51, em Brasília (DF), que acontece neste sábado, dia 13 de setembro, Léo Santos teve seu adversário modificado. O peso-leve da Nova União, que antes encararia o polonês Lukasz Sajewski, estreante na organização, agora vai ter pela frente o campeão do The Ultime Fighter 8, Efrain Escudero. Apesar da mudança repentina, o vencedor do TUF Brasil 2 não lamenta as pequenas alterações que teve que fazer em seu camp, iniciado de forma intensiva em meados de agosto.

Segundo Léo, o pouco tempo até a luta impossibilitam mudanças muito drásticas. Escudero já lutaria em Brasília, contra Francisco Massaranduba, e acabou remanejado para enfrentar Léo Santos. "O tempo é muito curto, não dá para fazer grandes mudanças no camp ou no estilo de jogo. Já conheço como o Escudero luta. Fiz pequenas modificações em algumas áreas técnicas, mas nada de muito relevante. Mantive a vontade de entrar no octógono e sair com a vitória, como sempre penso", comenta o tetracampeão mundial de jiu-jitsu na faixa-preta, que no MMA soma 12 vitórias e três derrotas no cartel.

A mudança de um adversário sem experiência para um lutador que chega para a terceira passagem no UFC também não intimida Léo. "Não posso escolher adversário. A vontade de vencer e de apresentar o meu melhor é sempre a mesma. Me sinto preparado para enfrentar qualquer um na categoria. Quero subir cada vez mais e mostrar todo meu valor, seja contra o Escudero, o Sajewski, ou qualquer outro", decreta.

Confiante para lutar no peso ideal

Desde que conquistou o contrato com o Ultimate, Léo entrou no cage apenas uma vez, em Natal, contra Norman Parke, em março deste ano, e a luta terminou empatada. Na ocasião, o brasileiro, de 34 anos, passou por dificuldade para recuperar o peso depois da pesagem, o que foi prejudicial no combate.

"Estou me sentindo muito bem e mais forte com essa situação do peso. Realmente, não sei dizer o que aconteceu daquela vez, que no dia da luta não recuperava o peso. Fez bastante diferença. Senti o Parke bem mais forte, enquanto eu estava muito magro e seco. Me desgastei demais, mas para esse novo confronto tenho certeza que não terei problemas. Já me adaptei novamente", garante.

Última atualização ( Qua, 10 de Setembro de 2014 11:21 )
 
Charles do Bronx explica mal-estar que o tirou da luta com Nik Lentz e promete voltar mais forte
Escrito por Rafael Lavô    Qua, 10 de Setembro de 2014 11:16    PDF Imprimir E-mail


Brasileiro foi vetado pelos médicos por conta de uma virose e foi retirado do card do UFC Fight Night 50, na última sexta-feira, dia 5 de setembro

A tão aguardada segunda luta entre Charles do Bronx e Nik Lentz, que aconteceria na última sexta-feira, dia 5 de setembro, no UFC Fight Night 50, nos Estados Unidos, acabou não sendo realizada. O brasileiro foi retirado da luta por não se recuperar de uma virose que o afetou duas semanas antes do combate e o impediu de bater o peso limite de 66,1kg da categoria peso pena. Já de volta ao Brasil, o atleta explica como foram os momentos após a pesagem que resultaram no cancelamento da luta e já projeta a volta, contra o próprio Lentz, torcendo por bom senso da organização para compreender o acontecido.

Uma semana antes de viajar para a cidade de Ledyard, em Connecticut, nos Estados Unidos, onde o duelo aconteceria, Charles começou a sentir dores de cabeça muito fortes e febre, mas a princípio pensou se tratar apenas de uma gripe. Como os sintomas persistiram, ele procurou um médico, porque estava impossibilitado de treinar e fazer o corte de peso adequado. Mesmo sem evolução no estado de saúde, decidiu viajar e tentar se recuperar na semana da luta. No entanto, aconteceu justamente o contrário.

"Fui para os EUA sem estar 100%, com um pouco de febre e quando eu comecei a cortar peso a imunidade abaixou muito, me deixando muito mal. Quem está comigo sabe o quanto essa luta era importante para mim, o quanto eu estava treinando forte antes dessa virose chegar. Eu não ia desistir por nada. A semana antes da pesagem foi muito difícil pelo corte de peso em cima da hora, já que com essa gripe não pude cortar o peso no Brasil como sempre fiz. Como estava muito debilitado antes da pesagem, resolvemos parar a perda de peso e pagar o 20% da bolsa", revela.

Após a pesagem, Charles do Bronx iniciou a recuperação de peso comum a todos os combates, através da aplicação de soro na veia, mas conta que continuou se sentindo muito mal ao longo da madrugada. Na manhã seguinte, o atleta resolveu praticar um exercício de manopla com um de seus treinadores, Jorge Patino Macaco, e voltou a se sentir mal, tendo que chamar os médicos do UFC, que então o retiraram do confronto.

"Na manhã da pesagem, fui tentar dar uma suadinha para ver o acontecia e tive muita tontura batendo manopla com o Macaco, ânsia de vomito, meu corpo aqueceu muito rápido e tive febre de novo. Chamamos os médicos do UFC e na mesma hora eles me proibiram de lutar. Só de olhar viram que eu estava realmente mal. Sei que vão falar que eu amarelei e tudo mais, mas deixo falar. Estou focado na minha recuperação", garante.

O paulista já está de volta à cidade de Guarujá, em São Paulo, onde vive com sua família, e passará por uma bateria de exames a partir desta terça-feira, dia 9 de setembro, para saber ao certo o que aconteceu. Charles espera ainda a compreensão por partes da organização do UFC e garante voltar ainda mais forte para o duelo com Lentz ou qualquer outro adversário que lhe for imposto.

"Já voltei para casa e o afago da minha família é o que gente precisa nesse momento. Depois do resultado dos exames, vou sentar com meus treinadores e traçar uma estratégia para voltar o mais rápido possível. Fico esperando também algum contato do UFC para um próximo combate. Se for com o Lentz, será perfeito. Foi um acaso que me fez sair da luta, mas, se for outro oponente, estou preparado também para o que o UFC me der. Eu não estava 100% e tentei de tudo para lutar, mas infelizmente não foi possível, estava muito mal", finaliza Do Bronx.

Última atualização ( Qua, 10 de Setembro de 2014 11:19 )
 
Após nocaute e prêmio, Thales Leites projeta luta contra Michael Bisping
Escrito por Rafael Lavô    Ter, 26 de Agosto de 2014 15:08    PDF Imprimir E-mail



Atleta da Nova União alcançou a marca de sete vitórias consecutivas - sendo quatro na organização - e dedicou evolução em pé aos treinadores

Thales Leites segue implacável desde seu retorno ao UFC. No último sábado, dia 23 de agosto, no UFC Fight Night 49, o atleta da Nova União nocauteou, de forma avassaladora, o francês Francis Carmont, com uma sequência de socos aos 20 segundos do segundo round e ainda faturou o prêmio de melhor performance da noite. Acumulando sete vitórias consecutivas, sendo quatro na organização, desde agosto de 2013, e invicto no MMA desde agosto de 2010, Thales acredita que, para seguir sua escalada no ranking dos pesos médios (até 84,3kg), o adversário ideal seria o inglês Michael Bisping.

Campeão da terceira temporada do The Ultimate Fighter nos Estados Unidos, Bisping também aparece no Top 15 da categoria, em oitavo lugar, sete posições à frente do brasileiro, e lutou no último sábado pela manhã (horário de Brasília). Cerca de 12 horas antes de o niteroiense liquidar Carmont, o britânico derrubou o vietnamita Cung Le na luta principal do UFC Fight Night 48, em Macau, na China, chegando à 25ª vitória no cartel - acumula seis derrotas.

"Tenho vontade, realmente, de lutar contra o (Michael) Bisping. Não sei se vai acontecer isso agora ou depois, mas seria um adversário que queria encarar. Não tenho nada contra ele, mas acredito que seria uma boa luta entre nós. Ele é um adversário talentoso e difícil de ser batido, e olhando para frente, pensando na evolução no UFC, vencer um cara desses, que está no Top 10, me colocaria cada vez mais em evidência. Vou descansar e aguardar o UFC decidir", comenta Thales, que agora soma 24 vitórias e apenas quatro derrotas no cartel.

Considerado favorito para o confronto contra Carmont, Thales Leites surpreendeu ao apostar na luta em pé e liquidou o rival com apenas 20 segundos transcorridos no segundo round. Conhecido pelo jiu-jitsu apurado, o brasileiro chegou à segunda vitória consecutiva por nocaute no UFC, provando sua evolução no boxe e no muay thai.

"Tudo correu bem, foi até melhor do que imaginava. Sou do jiu-jitsu, mas treinei muito o boxe com o Alex Cardoso. O Dedé (Pederneiras, líder da Nova União) sempre disse para confiar na minha mão. O Pedro Rizzo, mestre de muay thai, também. Fizemos um trabalho voltado para encurtar distância e não dar espaço para o Carmont, impedindo-o de gostar da luta. O treinamento foi todo feito em cima disso e a vitória veio pelo esforço e evolução técnica", vibra.

Thales ficará nos Estados Unidos para acompanhar a luta do companheiro de treinos na Nova União Renan Barão, que faz a revanche pelo cinturão dos galos (até 61,2kg), contra TJ Dillashaw, em Sacramento, neste sábado, dia 30 de agosto, no UFC 177.

Última atualização ( Ter, 26 de Agosto de 2014 15:12 )
 


Página 3 de 59

Últimas Notícias

Últimas notícias
King of the Tigers Data: 17 de outubro de 2015 Local: Academia Trainer, Rua Rio Tocantins, 282,
  DATA: 22 e 23 de Agosto LOCAL: Ginásio do Sesc Venda Nova. END.: Rua Maria Borboleta, S/Nº
BH Sparta 5MMA: 15 de agosto – 16hTrocação: 16 de agosto – 13h Local: BH Fight, Rua Peper
BH Sparta 5MMA: 15 de agosto – 16hTrocação: 16 de agosto – 13hLocal: BH Fight, Rua Pepe
Com a vitória Joaquim Mamute soma a 19 na carreira A quinta edição do War of Champions real
War of Champions 5 – WOC 5 Ginásio Hockey in Line Califórnia, Contagem, MG – Brazil 25
  Eduardo Calado (TF Team) venceu Fabiano Rodrigues (Thiago Fonseca Thai) por nocaute no segundo
  Bruno Walace e Rodrigo Zoi bateram o peso para o combate no War of Champions 5 e fizeram a enc
  Confira a pesagem entre Vinicius Franklin Neném e Aurélio Zunga para o War of Champions 5.{y
  Empurrada pela torcida, Joaquim Mamute bate o peso e faz encarada tranquila com o carioca Clau
  Bruce Souto e Vinicius Bohrer venceram a primeira batalha e bateram o peso para a luta desse s
  Flavio Silva (TF Team) venceu por pontos Igor Nunes (Fagundes Team). {youtube}58TFc9CrPUM{/you
  Erik Azevedo (Herbert Thai) venceu Adailton José (Cícero Team/Fábrica de Campeões) por des
  No combate de abertura do 2º Champions Fight TF Team, Thiago (VF TEAM) empatou com George Sid
Há pouco mais de um ano e três meses, no dia 24 de maio de 2014, Renan Barão perdia, surpreend
  Rafael Agenor (Tiago Fonseca Thai) venceu Daniel Dantas (TF Team) por nocaute no primeiro roun
  Neste domingo, 26, as 10h será realizada a quinta edição do Jiu-Jitsu no Parque, no Parque
  Wesley Mapa (Marcondes Vital) venceu Renato Santos (TF Team) por nocaute no primeiro round.{yo
  Em combate de Muay Thai pelo 2º Champions Fight TF Team, Jefferson Alves (Tiago Fonseca Thai)
Na luta que seria a principal da noite valendo o cinturão até 61kg do evento entre Diego Teixeira

MMA

  Gilbert Tubarão Branco (BH Rhinos) venceu por decisão unânime Luiz Felipe Bope (GFT).{youtu
Bruno Assis "Brunão" (BH Rhinos) venceu Alex de Paula (Elite MMA/CT Luiz Muay Thai) aos 4:34 d
  Carlin Soares (GFT) venceu Lucas Neguinho (Bocão MMA) aos 4:34 do segundo round por finaliza
  Matheus Boquinha (Gracie Barra BH/Fred Bad Boy Team) venceu Ben 10 (VF/ Reis) aos 3:48 do terc
  Em um dos combates mais emocionantes do War of Champions 5, Erikson Lekin (BH Rhinos) venceu L
  Adriano Nunes Trator (CT Luiz Muay Thai /TFT) venceu por pontos Italo (Doca Fight Team).{youtu
  Marcio Tulio (Gabriel Mudo Team) venceu Alisson de Angellis (Ely Kickboxing MMA) aos 2:53 do p
  Vinicius Franklin (BH Rhinos) venceu Aurélio Zunga (Bocão MMA Team) aos 2:30 do primero roun
  Em combate válido até 93kg pelo War of Champions 5, Marcus Montanha (GFT) venceu por pontos
  Marcelo Trindade Monstro (VF/Reis) venceu Gabriel Andrade (BH Rhinos) aos 3:50do primeiro roun
  Will Pontes (BH Rhinos) venceu Maycon Xuxa (Ilton Team) aos 1:20 do primeiro round por finaliz

Entrevistas

Postado em 24 Julho 2015, 10.55 por Rafael Lavô
qestou-sempre-prontaq-jey-oliveira  Jey Oliveira (Cícero Team/Fábrica de campeõs), há mais de um ano sem lutar a atleta da Cícero Team bateu 60kg para o combate que estava marcado até...
Postado em 23 Julho 2015, 11.32 por Rafael Lavô
qfico-meio-desanimadaq-raylaine-sobre-adversaria-nao-comparecer-para-o-combate  Os combates femininos sempre são emocionantes e uns dos mais aguardados dos eventos, no card do 2º Champions Fight, Raylaine Hevelin da cidade de...
Postado em 21 Julho 2015, 11.42 por Rafael Lavô
fabio-cardoso-analisa-segunda-edicao-do-champions-fight  Nesta entrevista, o organizador do Champions Fight TF Team, faz um balanço da segunda edição do evento, explica as quedas de algumas lutas e faz...

Programa Território Tupiniquim

Previous Próximo
  • 1
  • 2
Programa Território Tupiniquim   I Circuito Muay Thai Team Nogueira BH Programa Território Tupiniquim I Circuito Muay Thai Team Nogueira BH No programa de hoje os melhores momentos do I Circuito de Muay Thai Team Nogueira, entrevistas com Pedro Novaes, Daniel Alves e muito ... Read more
Programa Território Tupiniquim - Nova estrutura Cícero Team Programa Território Tupiniquim - Nova estrutura Cícero Team   No sexto programa da nova temporada do Território Tupiniquim acompanhe tudo sobre a nova estrutura da academia da Cícero Team/Fábrica d... Read more
Programa Território Tupiniquim - BH Sparta 4 -  T02E05 Programa Território Tupiniquim - BH Sparta 4 - T02E05   Confira o quinto episódio do programa do Território Tupiniquim. Os melhores momentos do BH Sparta 4 e uma entrevista com o Mestre Wilso... Read more
Programa Território Tupiniquim - Entrevista com André Muniz - T02E04 Programa Território Tupiniquim - Entrevista com André Muniz - T02E04   Nesse episódio do Território Tupiniquim entrevista exclusiva com o atleta André Munis Sergipano sobre sua luta no Coliseu Extreme Fight... Read more
Programa Território Tupiniquim - Especial WOC 4 - T02E03 Programa Território Tupiniquim - Especial WOC 4 - T02E03   O terceiro episódio do Território Tupiniquim é especial sobre o War of Champions 4, analises dos combates, card e uma entrevista exclus... Read more
Programa Território Tupiniquim - Especial Leão Dourado - T02E02 Programa Território Tupiniquim - Especial Leão Dourado - T02E02 Neste episódio do Território Tupiniquim o especial sobre a XVIII Copa Leão Dourado de Jiu-jitsu, entrevistas com o Mestre Hilton Leão e o ár... Read more
Programa Território Tupiniquim - Especial Juliana Lima - T02E01 Programa Território Tupiniquim - Especial Juliana Lima - T02E01 O episódio de estreia da nova temporada de programas do Território Tupiniquim, será especial com a atleta do UFC, Juliana Lima. No programa ... Read more
Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 16 Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 16 O último episódio do Desafio 4X4 Thai Boxing contou com muita emoção e adrenalina dentro do ringue. Isabelly Webber (CT Luiz Muay Thai) e ... Read more
Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 13 Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 13 No décimo terceiro episódio do Desafio 4x4 do Território Tupiniquim, Filipe Santos (Souto Team) e André Debrot (CT Luiz Muay Thai) se enfr... Read more
Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 12 Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 12 No décimo segundo episódio do Desafio 4X4 Thai Boxing, confira o combate entre Alex Neri (CT Luiz Muay Thai) e (Scout Fight/Gracie Elite).... Read more
Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 11 Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 11   TERRITÓRIO TUPINIQUIM - DESAFIO 4X4 THAI BOXING - EP 11 Confira neste episódio do Desafio 4x4 Thai Boxing, o quarto combate do campeonat... Read more
Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 10 Território Tupiniquim - Desafio 4x4 Thai Boxing - Episódio 10 Confira no décimo episódio do Desafio 4X4 Thai Boxing o combate entre Maxuel de Oliveira (Scout Fight/Gracie Elite) e Gustavo Silva (Sou... Read more

Últimas do MMA

Thales Leites exalta batalha no UFC Escócia e espera voltar a lutar até o fim do ano Thales Leites exalta batalha no UFC Escócia e espera voltar a lutar até o fim do ano Peso-médio da Nova União acredita que ganhou pontos com a organização após a derrota em combate muito equilibrado diante Michael Bisping, ... Read more
Thomas Almeida projeta show em Las Vegas para retribuir confiança do UFC e mira Top 10 Thomas Almeida projeta show em Las Vegas para retribuir confiança do UFC e mira Top 10 Embalado, brasileiro encara experiente Brad Pickett no mesmo card de Aldo vs McGregor buscando a terceira vitória na organização, e festej... Read more
Tupiniquim News - T02E02 - Copa Podio, UFC Fight Night e Muay Thai na Team Nogueira Tupiniquim News - T02E02 - Copa Podio, UFC Fight Night e Muay Thai na Team Nogueira   No Território Tupiniquim News de hoje, entrevista com Felipe Preguiça sobre sua luta no GP até 96kg da Copa Podio, UFC Fight Night, Jun... Read more

Mais arte marcial

Território Tupiniquim News - Mauricio Facção, UFC Fight Night e War of Champions 4 - T02E04 Território Tupiniquim News - Mauricio Facção, UFC Fight Night e War of Champions 4 - T02E04   No Território Tupiniquim News de hoje os resultados do UFC Fight Night Filipinas, War of Champions 4, I Circuito Team Nogueira de Muay ... Read more
Seleção brasileira comemora resultado no Pan-Americano Seleção brasileira comemora resultado no Pan-Americano Desempenho dos judocas em Edmonton superou a campanha da última edição e as expectativas iniciais da Confederação Brasileira A seleção bras... Read more
Alex Pombo defenderá medalha de ouro no Canadá Alex Pombo defenderá medalha de ouro no Canadá O judoca Alex Pombo (-73 kg) foi um dos nomes convocados para defender a seleção brasileira no Campeonato Pan-americano, em Edmonton, no Can... Read more
Thiago Silva perde em estreia no WSOF Thiago Silva perde em estreia no WSOF Neste último sábado, 28, o brasileiro Thiago Silva fez sua volta ao octógono e sua estreia no WSOF. Porém, o resultado não foi positivo para... Read more
[Vídeo] WSOF 19 - Gaethje vs Palomino [Vídeo] WSOF 19 - Gaethje vs Palomino No último sábado, 28, os amantes do MMA puderam acompanhar a sensacional luta entre Justin Gaethje e Luis Palomino, pelo WSOF 19, em que Gae... Read more
Melhores momentos War of Champions 2 Melhores momentos War of Champions 2 Confira os melhores momentos do War of Champions 2 que teve 10 lutas e uma disputa de cinturão até 57kg.{youtube}hNFjduhDEpg{/youtube} Read more